Não, não me orgulho

Há 30 anos que sou professora. Tenho jovens, homens e mulheres que foram meus alunos há já alguns anos. Cada um seguiu seu caminho. E de muitos deles eu me orgulho. Lutaram, sempre com sentido de dever e responsabilidade por um futuro melhor. Alguns constituíram família, outros ainda não. Mas fico, ou ficava, orgulhosa do quanto tinham conseguido. Sempre os vi lutar com justiça, sem recorrerem a joguinhos e intriguices para atingir os seus objetivos. Porque recorrer a intrigas é manipular os outros e isso NÃO lhes ensinei.É Assédio Moral, diria mesmo. Lamentável.
A manipulação é algo que abomino.

Sim, estou desiludida…muito desiludida

Whiteball/a.K.a. Isabel

Admirável

Eu, uma simples mulher com 30 anos de profissão, me regozijo quando encontro colegas assim. Sabem tudo, conhecem todas as situações inerentes à realidade escolar, têm sempre razão, não têm dúvidas e desconhecem, portanto, o que é o “stress”! São seres perfeitos. São, sobretudo, pessoas felizes! Que bom poder ser-se assim, digo eu, ….ter esse dom, essa capacidade de tudo intuir e deduzir, tudo saber sem margem para dúvidas! Dúvidas? Mas que dúvidas? Pessoas “perfeitas” não têm dúvidas. São Entes Superiores, quase divinos a quem nós, criaturinhas “estressadas e com tantas incertezas”, devemos prestar como que vassalagem…

No mínimo devemos curvar-nos diante de titânicas figuras…tão nobres e tão sábias, com imensos corações plenos de amor pelo próximo, de compreensão pelos outros que lhe são iguais até nas diferenças.

Me regozijo quando me deparo com tão elevado padrão de comportamento…imaculado, diria mesmo!

Um exemplo que todos devíamos seguir e depois…passados alguns dias(poucos)…cometer SUICÍDIO!!!

WHITEBALL

[Eu até andava caladita, “apagada”, mesmo…mas há certas coisas que me dão nos nervos. E quando assim é…]

EU SABIA!

Ontem ouvi que “os ricos estão ainda mais ricos”!

Nada de novo…eu sabia que era nisto que ia dar. Mas são esses, precisamente os mais ricos, que defendem os cortes nas reformas e o aumento de impostos!

O costume, portanto!

– Demagogia? -Não! 

-Poder de observação, apenas….

– Aborreço alguns ao dizer isto?

-Obviamente que sim. É a vida! “Fica tudo em caminho”!

Distrito poderá correr o risco de uma pandemia …

E não é que há pessoas tão estúpidas que chegam a ter orgulho da própria estupidez?

Falam e escrevem parvoíces e depois…alienados, pavoneiam-se empertigados pelas ruas da cidade como se tivessem um feijão-frade enfiado no seu mais incólume e escuso orifício que o Criador lhes deu.

Vomitam barbaridades e arrotam de satisfação.

Têm na própria idiotice um troféu….e exibem-no bem alto.

Não se apercebendo da triste figurinha que fazem passeiam-se excitadinhos de contentamento consigo mesmos.

Falam alto, despudoradamente, cofiando o infeliz bigodinho… “entalados” nas suas orgulhosas gravatinhas com risquinhas, ou florinhas a combinar com o resto da “indumentariazinha”!

Passam deixando atrás de si o cheiro nauseabundo de quem chafurda no próprio vómito tornando pestilento tudo à sua volta. (E o distrito, o País…. então corre o risco de uma pandemia de cólera!)

Nem se dão conta, na sua cegueira e estupidez, dos risinhos de escárnio de quantos, depois da vénia, os veem passar empertigados, dementes mas viçosos como tomates da quinta. (produto nacional, bem entendido e, por vezes, com bicho, ou bicha).

E tendem a reproduzir-se em abundância…pois que a cada esquina se pode encontrar um desses especímenes.(Segundo a Wild Life Magazine são os únicos seres que não correm risco de extinção…por enquanto)

 Desses…tenho pena…(Alguma….não muita, ou estaria a ser hipócrita se dissesse o contrário. )

Atualização: segundo a agência noticiosa ULSA e o CDOz este tipo de seres é exclusivo das terras Altas de Portugal Continental.

Nada a temer nas Ilhas, portanto.