IV Encontro Gastronómico de Abrunhosa–a-Velha promove sabores tradicionais da região

5 DE AGOSTO, 17H00, CENTRO DA ALDEIA

A gastronomia tradicional do concelho está de volta em mais um Encontro Gastronómico de Abrunhosa-a-Velha. A iniciativa, que já vai na sua 4ª edição, realiza-se no dia 5 de agosto, a partir das 17h00, no Centro da Aldeia.

A iniciativa, promovida pela Junta de freguesia de Abrunhosa-a-Velha, conta com a colaboração da Câmara Municipal de Mangualde, do grupo Desportivo e Recreativo de Vila Mendo de Tavares, da Associação Humanitária e Cultural de Abrunhosa-a-Velha, do Estrela do Mondego Futebol Club, do Centro Paroquial de Abrunhosa-a-Velha, do Racho de Carnaval da freguesia de Abrunhosa-a-Velha e das Marchas dos Santos Populares de Abrunhosa-a-Velha e com o patrocínio do Hotel Mira Serra, da COAPE e da Quimirep.

 

Arraial Sénior. Dia dos Avós

Cerca de 500 seniores e avós do concelho de Mangualde participaram, no passado dia 26 de julho, no “Arraial Sénior”, festa comemorativa do Dia dos Avós. A iniciativa, organizada pela Câmara Municipal de Mangualde, teve lugar no Monte Nossa Senhora do Castelo. O Presidente da Câmara Municipal de Mangualde, João Azevedo, e a Vereadora Maria José Coelho, marcaram presença neste convívio.

Componente religiosa

Os comes e bebes

O arraial

A tradição voltou a cumprir-se em Mangualde e nesta quarta-feira foram muitos os avós e netos que não faltaram à festa. O certame arrancou às 11h00 com a celebração eucaristia, seguido de um almoço com troca de merendas. O “Arraial Sénior” estendeu-se pela tarde fora, com muita música, animação e belos momentos de convívio.

A Câmara Municipal de Mangualde encara a celebração deste dia como uma festividade intergeracional, de convívio entre avós e netos, sendo assim uma forma de homenagem, de demonstração de carinho e apreço por todos os avós. Celebrar o Dia dos Avós significa celebrar a experiência de vida, reconhecer o valor da sabedoria adquirida, não apenas nos livros, nem nas escolas, mas no convívio com as pessoas e com a própria natureza.

 

MANGUALDE já tem Estação de Serviço de Autocaravanas

Sempre referi que o espaço da Praia necessita de serviços complementares  para atrair turistas. ( parque de campismo no futuro, árvores, mesas de piquenique . Assim sendo , este é um investimento interessante

Zona de apoio a caravanas

Os autocaravanistas têm agora uma área de serviço disponível no concelho de Mangualde. O projeto, da responsabilidade da Câmara Municipal de Mangualde, já está em funcionamento e localiza-se junto à Praia de Mangualde, servindo de apoio ao turismo itinerante.

 O novo equipamento, localizado na área multiusos, junto à Praia de Mangualde (Live Beach), permitirá dar resposta às necessidades dos autocaravanistas que visitam o concelho. O espaço conta com várias valências, podendo os autocaravanistas efetuar a descarga da “cassete” sanitária, e proceder ao abastecimento de água potável ou energia elétrica. Os utilizadores poderão ainda usufruir de WC e duche, nas instalações da Praia de Mangualde. O equipamento funciona entre as 7h00 e as 22h00

‘Em Quarto Crescente: Noites de encontros com as artes em mente’- Afinal os Mangualdenses gostam de cultura

O Largo Dr. Couto foi palco da primeira noite da edição deste ano da iniciativa ‘Em Quarto Crescente: Noites de encontros com as artes em mente’, promovida pela Câmara Municipal de Mangualde. Cerca de 500 pessoas encheram o Largo para assistir ao espetáculo que contou com teatro, música, dança e comédia.

A edição deste ano é dedicada à celebração do 20º aniversário da Biblioteca Municipal Dr. Alexandre Alves. Sob o mote “1997 – 2001: A infância da Biblioteca”,

MANGUALDE JÁ ESTÁ “EM QUARTO CRESCENTE”

Noites de encontros com as artes em mente arrancam com casa cheia

Quarto crescente

Quarto crescente

Quarto crescente

Contas de 2016 aprovadas – Dívida baixa 8 milhões de euros desde 2009

A assembleia municipal aprovou as contas de 2016. Pontos essenciais:

1- Resultado em 2016 foi positivo  em 1.352.188,22 EUROS; Até custa a ler…

2- A dívida da autarquia diminuiu em  1 milhão e 922 mil euros ( só em 2016);

3- A dívida da autarquia diminuiu  cerca de  8 MILHÕES DE EUROS DESDE 2009;

4- Temos Resultados positivos , dívida a diminuir e o maior investimento público no concelho;

5-Ah e os impostos não aumentaram.

Perante isto,  esperava-se uma aprovação unânime. Pois não. Os senhores da PAF votaram contra. Curiosamente nos tempos em que a divida aumentava, e estivemos em situação de quase rutura votavam a favor. Agora que as contas são positivas, votam contra. Vá-se lá perceber aquelas ideias

Sim meus senhores, esta dívida é mesmo provocado pela vossa governação. Vejamos o já célebre gráficozinho laranja e rosa.

Até dói.. senhores do PSD Mangualde. Estão a ver o laranja subir… e o rosa a descer… É a  dívida senhores é a dívida.

 

Uma dezena de grandes intervenções em marcha no concelho de Mangualde. Mas vão ser mais descansem…

Cubos-Bogalhais

Começaram as obras para pavimentação da estrada entre o cruzamento de Cubos e Bogalhais, na União de Freguesias de Mangualde, Mesquitela e Cunha Alta. Esta empreitada está inserida no conjunto de investimentos que se estão a suceder que fazem parte do Plano de Investimentos do Município. No valor de 7 milhões de euros, estas intervenções assegurarão, na sua maioria, uma melhoria/requalificação da rede viária municipal em várias estradas municipais do concelho e na rede de infraestruturas.

Para João Azevedo, Presidente da Câmara Municipal de Mangualde «as obras de beneficiação do pavimento da estrada em quase 2km, vão permitir a melhoria na mobilidade e um aumento significativo de conforto e segurança para as pessoas que diariamente transitam nesta estrada, melhorando também a rede viária da zona urbana da cidade.»

O autarca sublinha ainda que «o Plano de Investimentos segue em linha com a estratégia que tinha sido definida. Saímos do ajustamento financeiro no final de 2016 e conseguimos dar o salto qualitativo e de excelência para o investimento público. Um investimento sem paralelo na história do município e que durante 2017 não ficará por aqui. Há já um conjunto de intervenções na fase final de contratação pública e que passarão rapidamente para o terreno.»

Mangualde … uma terra de comboios

O Governo voltou a apresentar uma candidatura para a linha Aveiro – Mangualde, num investimento de cerca de 600 milhões de euros.
Como sabem, não sou um defensor acérrimo desta ligação. Se vier que venha , desde que seja por Mangualde. E é isso que nestas reuniões se tem conseguido garantir.
Interessa sobretudo a requalificação na linha da Beira Alta, que permitirá melhorar as condições de segurança, competitividade e de cruzamento dos comboios de grande capacidade (750m).

Foto publicada por Marco Almeida

Mas… sempre que se fala nisto recordo-me o ar de gozo da coligação do antigo senhor destas terras quando se falava na questão da plataforma Modal. Pois ….

O comboio veio para Mangualde, ao que se diz, por uma disputa Política. Discutia-se se ia por Viseu como queriam os “burgueses”  comerciantes da cidade, ou pela serra como queriam os homens da fiação. Discussão para um lado e para o outro… olha vai ali pelo meio para Mangualde. Sábia decisão