Quero poder fumar, comer salgados e maças com bicho. E depois?

Eu por acaso não fumo, sou mais “salgadeiro” que “boleiro “, e prefiro uma maça de bravo comprada na feira mesmo que amarela e com bicho em relação às limpinhas, de tamanho certinho, verdinhas e sem sabor. E sim, quero comer presunto e chouriço e farinheira. E depois….

Estamos cada vez mais a entrar numa sociedade em que o politicamente correto tudo controla, em que o estado tudo marca e define. Em que os jornalistas é que decidem os acontecimentos, em vez de informar sobre os mesmos. Estou farto do justicialismos, dos julgamentos feitos na praça pública e do poder de determinados grupos sociais (assim tipo Castelos Brancos). Estou farto de ver o rebanho que por redes sociais vai atrás de tudo o que se publica, por muito estúpido que seja, por muito ridículo. Engolem tudo carago. É tão fácil manipular e criar uma situação.

Vem isto a propósito da decisão de proibir a venda nos bares dos hospitais de certos alimentos. Pode parecer ser algo normal … mas é mais uma,  mais uma regulamentação inútil e inquisitorial. Nas escolas dizem proibir certos alimentos, obrigam dietas vegetarianas, que obviamente nenhum aluno quer. É simples. É vê-los no café da esquina ou no continente a comer as batatas fritas.

O estado não tem que se meter nisso. A sociedade não tem que legislar sobre tudo e mais alguma coisa. Deve informar as sucessivas versões contraditórias sobre o assunto. Uns dias o mesmo produto é terrível e faz mal … no outro dia um estudo que diz que é uma maravilha…

A comida no hospital normalmente é uma porcaria, mas estamos doentes, a vontade é pouca. Agora proibir… Já ouviram falar em marmitas, ou cafés?

Eu quando fui operado, logo no quinto dia da operação ao intestino, deram-me no IPO nada mais que uma feijoada. (e era prato do dia no hospital). E por acaso antes da quimio um pastelinho de nata era melhor coisa para não enjoar. Não sei a razão, mas comigo funcionava.

Esta ditadura do certinho dá sempre maus resultados. São estas parvoíces que colocam no poder os ditadorzecos disfarçados de conselheiros e moralistas.

Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

This blog is kept spam free by WP-SpamFree.