Análise dos resultados Câmara Municipal – Números e apenas números

Resultados câmara 2017 e 2013

Já todos referiram que os números são históricos. Iremos às causas mais tarde. Agora vamos  à parte numérica da coisa.

Para que tal fosse possível era necessário uma conjugação de resultados. A obtenção do sexto vereador era estatisticamente muito difícil. Mas mesmo muito.

Assim:

1- A votação global tinha de aumentar. ( não esquecer que temos menos 1 500 inscritos). E aumentou A votação passou para 58,27%. Votações abaixo de de 55% seriam más.

2- O PS aumenta a sua votação percentual e numérica, tendo cerca de 500 votos a mais. Era este o número chave. Ter 500 votos a mais

3-Em contrapartida o PSD teria de ter  500 votos a menos. Ou pelo menos não segurar o seu eleitorado. Teve 700 votos a menos. E este resultado merece que se analise com mais cuidado

4-A CDU devia subir desde que retirasse votos ao PSD. Aconteceu.

5- Em termos de Juntas o PS queria manter todas as juntas que tinha e que o PSD não ganhasse com a sua sigla uma que fosse. Aconteceu. Mas à tangente em São João da Fresta. Os jovens candidatos do PS estiverem em grande. O que foi feito em Quintela e Santiago nao era fácil.

6- Ganhar de forma muito clara a freguesia de Mangualde. E isso foi feito e conseguido. Mas merece uma análise à parte

Até já.

Tagged . Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

This blog is kept spam free by WP-SpamFree.