Afinal a dívida gere-se e paga-se

Os pafiosos continuam em maré de azar. O défice mais baixo  e o pagamento de 1700 milhões de euros da dívida deixaram os pafiosos cheios de raiva e ódio à geringonça e a Centeno. E não é que agora os patrões já falam em reestruturar a dívida. Afinal a dívida gere-se.

Retirado do ECO

Da RR

Tagged . Bookmark the permalink.

4 Responses to Afinal a dívida gere-se e paga-se

  1. Coruja says:

    Continua-se a gerir a divida. Mas isso não é para tu entenderes, pois não és nem economista nem engenheiro financeiro. És um branqueador da verdade a troco de uns favores da autarquia. Um pau mandado sem opinião própria sobre assunto nenhum que segue a cartilha à risca.

    • mocho4 says:

      Caro Manuel António.. então já nem te sabes esconder… Vá lá atão.. deixas ficar na mesma ligação???? aiaiaia. NOTA … isto é um afirmação.
      Sim pafioso do tempo novo envergonhado. Sim gere-se a dívida como eu sempre disse. E como agora todos reconhecem. Os pafiosos é que diziam que não. Ah já agora eu não te vou dar publicidade mas…. PROVA a tua afirmação.
      Esta: “Mas isso não é para tu entenderes, pois não és nem economista nem engenheiro financeiro. És um branqueador da verdade a troco de uns favores da autarquia. ”
      Vá lá quero saber os favores da autarquia. Um a um um a um….
      É engraçado como são todos iguais… Não aprendem… vão sempre cair no mesmo erro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

This blog is kept spam free by WP-SpamFree.