Pessoal – 1 de fevereiro de 2011 – renasci

Foi há 7 anos. No dia 1 de fevereiro de 2011 que fui operado no IPO de Coimbra. Operação complicada, demorada e com consequências no futuro. Um T3, N0….e qualquer coisa . Tinham passado 6 meses de quimio e  radio.( Esta particularmente dolorosa)
A história é a de todos … o corredor e  as luzes do corredor , a passagem para a  mesa de operações, as luzes fortes, a música que neste caso era um sucesso  pop qualquer que se ouvia na sala, uma voz.. “vou aplicar”…. e daí a umas horas, uma luz nos olhos e “acordou pode subir..”

Seguem-se alguns episódios durante a fase de alguma confusão durante o dia, a estranha mistura de sonho e realidade. Mas no dia seguinte, fui transferido para uma enfermaria dos cuidados intermédios. Escura , sem janelas, fechada .

Por volta das 11h deixaram entrar a belita. E o enfermeiro levou-me para um quarto ao fundo por umas horas. O quarto era quente, tinha luz e tinha janelas por onde o sol de inverno entrava e se conseguia ver o céu azul.

E ela disse-me: “Já não o tens Zé. Já saiu”. Sabia que não era bem assim, mas foi bom ouvir . Foi bom estar ali sem dores, com luz a ver o céu. Naquele momento tomei conhecimento que ainda estava vivo e que podia ter um futuro. Renasci!