Mas em 2013 a música era outra por terras de Azurara

 

O presidente João Azevedo

Em 2013 a música era outra. João Azevedo tinha provado que era possível fazer diferente e melhor .  Com forte contenção de custos, aposta-se na afirmação de Mangualde. Aposta-se na melhoria financeira e na organização.

Começam a aparecer novas indústrias. A feira dos Santos regressa ao centro da cidade. A oposição entretém-se com a praia.
Mangualde é colocado de novo na senda do desenvolvimento

E já agora . Que tal recordar o 2º hino . Mangualde com Futuro em 2013