Mais um Mangualdense a assumir funções no governo

Filipe Pais

Filipe Pais que desempenhou funções na autarquia no 1º e 2º mandato de João Azevedo foi nomeado Chefe de gabinete do Secretário de estado da Juventude e Desporto.

É uma nomeação que me agrada por várias razões.

1- Porque é um homem de Mangualde;
2- Porque fez um grande trabalho na autarquia;
3- Porque tem uma postura Política que me agrada;
4- Porque gostava de o rever noutros espaços….;
5- Obviamente porque é um amigo.

Bom trabalho

 

Marco Almeida vai disputar a junta de freguesia

Temos candidato – Foto Rua Direita

Para ler a entrevista na sua totalidade basta clicar na imagem.

Marco Almeida é um jovem político. Vai jogar uma cartada com alguma dificuldade, pois substituir o atual presidente da junta não é fácil. A freguesia é muito grande e com muitos eleitores.

Está preparado e sabe muito ao que vem. Não é novidade que terá o meu voto e o meu apoio caso se concretize este desejo.

A talho de foice digo já que alguns pré-candidatos não merecerão o meu apoio se chegaram a  ser.

 

 

Tagged

Acordo para requalificação de estrada

Assinatura

Consciente da importância da cooperação entre municípios para o desenvolvimento das populações, a Câmara Municipal de Mangualde assinou hoje, 12 de janeiro, um Contrato Interadministrativo de Delegação de Competências com a Câmara Municipal de Penalva do Castelo e a Comunidade Intermunicipal Viseu Dão Lafões. Esta assinatura surge no âmbito da requalificação da Estrada Municipal 604 que liga a Estrada Nacional 309-1 à freguesia de Germil, no concelho de Penalva do Castelo. Na cerimónia, que se realizou na sede da Junta de Freguesia de Germil, marcaram presença o Presidente da Câmara Municipal de Mangualde, João Azevedo, o Presidente da Câmara Municipal de Penalva de Castelo, Francisco Carvalho, e o Presidente do Conselho Intermunicipal Viseu Dão Lafões, José Morgado Ribeiro.

Para João Azevedo este é o primeiro sinal da coesão territorial, «tratando-se do primeiro momento em que a comunidade intermunicipal dá um sinal de que efetivamente vivemos numa região, numa comunidade que tem objetivos comuns, que é o desenvolvimento deste território para que possamos criar condições competitivas para que as pessoas possam ficar cá e que tenham esperança naquilo que é o emprego, a coesão territorial, a oferta de serviços e a comunidade». Reforçando, «nós temos que passar das palavras aos atos. Não podemos andar em vários fóruns de discussão, em vários momentos de intervenção a falar sobre a intermunicipalidade e só falarmos dela, mas não atuarmos. Só com a junção de ideias e com o esforço coletivo se consegue um território mais forte e mais competitivo».

É com base neste conceito que o autarca relembra que «foi assim que surgiu o projeto desta estrada que agora vai ser trabalhada pela comunidade intermunicipal. Vai ser organizado o seu projeto administrativo para que depois possamos ter, nos próximos meses, uma estrada que seja digna para todo este território e não só para Germil». Enaltecendo que «esta obra não vai facilitar os 99% dos utilizadores, vai facilitar uma região». Neste sentido, «através da cooperação entre municípios, surgirão outros projetos conjuntos que permitirão o desenvolvimento dos produtos locais. A relação entre Penalva do Castelo e Mangualde não passa só pela estrada de Germil. Passa por muito trabalho conjunto de ambos, de solidariedade, de esforços coletivos, de trabalho conjunto, de projetos em conjunto. Foi assim a história, é assim a história que vai ficar para o futuro, é assim a história que marcamos esta noite».

Na sua intervenção, o edil mangualdense deixa ainda a promessa de que «vamos ter nos próximos meses projetos para o desenvolvimento dos produtos endógenos dos concelhos de Mangualde, Penalva, Nelas e outros aqui à volta». «A comunidade intermunicipal vai ter aqui um papel decisivo naquilo que é o desenvolvimento do território das áreas de desenvolvimento económico. Portanto, se trabalharmos em conjunto e se tivermos a ideia do que queremos para os nossos concelhos, certamente teremos nos próximos anos uma região mais forte, uma comunidade mais forte e concelhos mais fortes» concluiu.


Por falar em Penalva tudo indica que vamos ter novidades na questão do tribunal

Chama o António… não chames o diabo.

Este foi o ano dos Antónios. Em Portugal António Costa com uma solução que funciona e com uma enorme capacidade de negociar e fazer consensos. Respira-se melhor, o ar está masi , não cheira a informa para grande pensa dos Pafiosos

Lá fora António Guterres  secretário geral da ONU. Um português que lutou e conseguiu ser eleito par ao cargo mais importante em termos internacionais. Contra muitos, contra o interesses de algumas potências

Permitam-me um motivo especial de orgulho. Dois socialistas que demonstram que pelo diálogo conseguem resultados. Dois socialistas que contrariam a tendência musculada de ditadorzecos por esse mundo inteiro