Orçamento da autarquia de Mangualde com aumentos no investimento

Mangualde

Mangualde

Foi hoje (31 de outubro) apreciado em reunião de câmara o Orçamento e Plano Plurianual de Investimentos para 2017. O orçamento de 21.770.640,00€ representa um aumento que ronda os 3,5 milhões de euros em relação ao orçamento de 2016 e que se reflete fundamentalmente na despesa com investimento. Para o presidente da Câmara Municipal de Mangualde, João Azevedo «2017 será o ano do salto qualitativo e de excelência, com o maior investimento público de sempre no concelho. Este é um orçamento rigoroso, ambicioso e virado para o investimento, só possível porque a autarquia preparou-se nos últimos anos para que isso acontecesse».

 «(…) ISSO SÓ FOI POSSÍVEL PORQUE NOS ÚLTIMOS ANOS CONSEGUIMOS DEVOLVER À AUTARQUIA UMA SITUAÇÃO DE EQUILÍBRIO E SUSTENTABILIDADE FINANCEIRA»

João Azevedo afirma ainda que «o aumento de quase 4 milhões de euros em investimento para 2017 sustenta-se na sua maioria em obras financiadas pelos fundos comunitários, outras linhas financiadoras e recursos próprios da autarquia». A autarquia «preparou-se para o investimento e isso só foi possível porque nos últimos anos conseguimos devolver à autarquia uma situação de equilíbrio e sustentabilidade financeira. Estamos preparados para o maior investimento público de sempre no concelho em regeneração urbana, em infraestruturas e acessibilidades e noutras áreas fundamentais para melhorar a qualidade de vida dos mangualdenses», sublinhou o Presidente da Câmara Municipal de Mangualde.

A proposta de orçamento foi apreciada pela Câmara Municipal e será agora submetida à Assembleia Municipal para Aprovação.

 

Quadratura do círculo gravada em Mangualde – quinta feira dia 3

Quadratura do circulo gravada em Mangualde

Quadratura do círculo gravada em Mangualde

Na próxima semana os temas quentes da atualidade serão debatidos em Mangualde. O programa da SIC Notícias «Quadratura do Círculo» será gravado no dia 3 de novembro, próxima quinta-feira, a partir das 18h30, no auditório do Complexo Paroquial em Mangualde. A «Quadratura do Círculo» é um espaço de debate de carácter político, social e económico, com moderação de Carlos Andrade, onde Jorge Coelho, Pacheco Pereira e Lobo Xavier discutem, semanalmente, os temas quentes da atualidade.

A entrada é livre (limitada à capacidade de lugares sentados e as portas serão encerradas após as 18h30).

É uma oportunidade única para refletir sobre a atualidade do país.

O programa de televisão, com a duração de uma hora, será depois emitido na SIC Notícias, no mesmo dia, pelas 23 horas.


Para além da oportunidade de assistir à gravação de um programa televisivo espero que discutam um pouco os problemas do interior. Mais uma vez Mangualde a marcar posição.

Infelizmente tenho formação e aulas mas pode ser que consiga trocar. Gostava de assistir

A aposta na educação continua em Mangualde

Para além das obras a realizar no agrupamento de escolas, a autarquia de Mangualde vai receber um valor em torno de meio milhão de euros para Educação através de CIM. Pretende-se:

Redução e prevenção do abandono escolar precoce e promoção da igualdade de acesso a um ensino infantil, primário e secundário de boa qualidade, incluindo percursos de aprendizagem formais e informais para a reintegração no ensino e na formação.”

Está em causa o sucesso educativo e projectos em torno das ciências, do desporto, da música, da melhoria de laboratórios e do desenvolvimento de projetos de utilização pedagógica de tecnologias.

António Henriques -Campeão absoluto de Trial 4×4

Em Mangualde

Em Mangualde

A 6.ª e última jornada do Campeonato Nacional de Trial 4×4 foi marcante para o mangualdense António Henriques (Mister Reboques) que arrecadou o título de campeão absoluto de Trial 4×4 2016. A etapa realizou-se no passado dia 23 em Gandra, no concelho de Paredes, num dia em que a chuva fez as delícias dos amantes da modalidade, mas dificultando as provas. João Azevedo, Presidente da Câmara Municipal de Mangualde, recebeu o atleta nos Paços do Concelho e deixou palavras de felicitação e de incentivo.

A pontuação a atribuir na classe Absoluto foi determinada pela classificação geral final de cada etapa nas classes Extreme, Proto e Super Proto, sendo que a equipa que conseguiu o maior número de voltas em cada prova foi quem mais pontuou para o Absoluto. O ‘Mister Reboques’, acompanhado por Marcelo Lopes foi, ao longo das seis etapas do campeonato, o piloto que mais pontos somou. Na prova de Gandra deu dez voltas ao circuito num Proto XS5 e foi assim que conseguiu o segundo melhor resultado, suficiente para se sagrar campeão Absoluto de Trial 4×4. Em Gandra, a equipa conseguiu o 2º lugar na classe de Proto e Absoluto.

A pista, que encantou as equipas e os espectadores, levantou sérias dificuldades às equipas mas fê-las lutar pela vitória. ‘Foi uma prova muito exigente, muito muito dura. Foram três horas intensas, mas valeu a pena.’ considerou António Henriques. A próxima prova acontece em março e até lá não vai ficar parado: ‘há passeios na zona, os chamados passeios turísticos que são ótimos para matar as saudades desta paixão’, disse o mangualdense que participa nestas provas há apenas dois anos. ‘Se me perguntassem há uns anos atrás diria que era impensável, mas o gosto pelo todo-o-terreno cativou-me. Tenho 51 anos e sou o piloto mais velho e com menos tempo’.

Rui Querido (Tibus Offroad/Ladricolor/STS) foi o grande vencedor da jornada de Gandra, tornando-se tricampeão nacional da Classe Proto; António Calçada (NordHigiene Team) foi o campeão nacional da classe Extreme; Manuel Morgado (Jot4x/Trial Cars) venceu na classe Promoção; Emanuel Costa (EC 4×4) na classe Super Proto; e Luís Carneiro (OffroadProjects/EA Smile/Von), sagrou-se campeão da classe UTV/Buggy. A etapa contou com a participação de 45 equipas divididas nas classes.

 

A propósito da Programação no 1º Ciclo – Mangualde

Innovative Classroom - Em Mangualde

Innovative Classroom – Em Mangualde

Tenho acompanhado, nem sempre de perto,  algumas das atividades da chamada “Sala do Futuro “, do Centro de formação de professores Edufor. Neste caso  o “Code Week”, 2016-  semana de 17 a 21 de outubro,  em que os alunos do Agrupamento de Escolas de Mangualde a frequentar a “Iniciação à Programação no 1º Ciclo do Ensino Básico”, visitaram a [email protected] Classroom Lab onde desenvolveram atividades de programação.

A iniciação à programação nos jardins e no 1º ciclo é uma das tendências da educação para o século XXI. O que está em causa aqui não são propriamente computadores do último modelo, nem videoprojetores, nem máquinas de jogos. A programação destina-se a desenvolver a capacidade de visualização e de raciocínio lógico. Ensina a pensar. E aí os modelos, os legos, as aplicações interativas são a base. O computador é mais uma ferramenta e apenas isso.

As escolas e as autarquias devem preocupar-se e perceber que não são apenas obras que interessam.  É importante investir nestas componentes, nos smartphones, nas redes, nos tablets em computadores atuais ( mas simples). Perceber que são as metodologias que interessam e que o professor ou educador não são, nem devem ser, técnicos de informática. Para fazer manutenção contratam-se empresas e técnicos. Sai mais barato e o trabalho é feito de forma profissional. Os professores são demasiadamente importantes para perder tempo com isso.

Há uns anos, por causa dos estagiários, tive de ir a vários jardins. Percebi melhor o trabalho que estes profissionais realizam. E é pena que todo esta componente de ensino tenha sido sido esquecida ao longo dos anos. Não podemos pensar a introdução das TIC como um computador da secretária do professor ( ainda para mais velho e avariado) . As TIC estão ao serviço da aprendizagem e exigem mobilidade, trabalho em rede e ligações simples. Os computadores não podem estar lá apenas para mostrar manuais, que na sua maioria são simples reproduções de livros escritos. Estão lá para trabalhar em grupo , desenvolver raciocínios e adquirir determinadas  competências que serão necessárias para o futuro. E aí um simples tablet, um smartphone e uma rede internet, associado a  um conjunto de legos vale mais que qualquer máquina potente. E estas competências podem ser adquiridas de forma simples num jardim ou no 1º ciclo.  Quem se lembrou do Magalhães já tinha percebido parte da ideia. As coisas têm de estar nas mãos dos  alunos. Não é na secretária. E hoje muito menos. Mas cometeram um erro. Atiraram para lá as máquinas e …. acabou. Não é assim. São precisos projetos coerentes, trabalho organizado mas autónomo. É preciso formação na utilização e nas metodologias de trabalho. E isso sim dá trabalho e demora tempo. Mas dá resultados!

E Mangualde tem uma campeã de arco e flecha

Cam

Beatriz Gomes com o presidente João Azevedo

O Presidente da Câmara Municipal de Mangualde, João Azevedo, recebeu a mangualdense Beatriz Gomes que se sagrou campeã ibérica de arco e flecha. Venceu o GTI – Troféu Ibérico que decorreu em Madrid nos passados dias 8 e 9 de outubro.  João Azevedo deixou palavras de parabéns pela conquista e de incentivo para continuar este percurso brilhante. Beatriz Gomes faz parte do Clube Arqueiros de Viseu e tem apenas 15 anos.

A feira dos Santos à mesa

Mangualde já está em contagem decrescente para mais uma edição da tradicional Feira dos Santos. Promovida pela Câmara Municipal de Mangualde, o certame decorre no centro da cidade, de 4 a 6 de novembro e tem como lema «Da Tradição à Modernidade». Com tem sido habitual, a Feira dos Santos pode ser agora também degustada à mesa, com uma ementa especialmente confecionada para este certame secular: enchidos da região; rojões à Moda de Mangualde; febras à Feira dos Santos; requeijão com doce de abóbora; Queijo da Serra e Vinho do Dão. Os restaurantes aderentes à «Feira dos Santos à Mesa» estarão devidamente identificados com um selo do evento e são eles: restaurante “Cruzeiro”, restaurante “O Valério”, Hotel Senhora do Castelo, restaurante churrasqueira pizzaria “Os Galitos”, restaurante “Gestur”, Hotel Cruz da Mata, restaurante “Cascata de Pedra”, restaurante “Aldeão”, restaurante “Cantinho dos Petiscos”, restaurante “Kerú”, restaurante “Chafariz Beirão” e “Café-restaurante marisqueira São João”.

FEIRA DOS SANTOS À MESA

Selo

Selo

4, 5 E 6 DE NOVEMBRO

RESTAURANTES ADERENTES : RESTAURANTE “CRUZEIRO; O VALÉRIO”; HOTEL SENHORA DO CASTELO; “OS GALITOS”;  “GESTUR”; HOTEL CRUZ DA MATA;   “CASCATA DE PEDRA”;  “ALDEÃO”  ;  “CANTINHO DOS PETISCOS” ; “KERÚ” ;  “CHAFARIZ BEIRÃO” CAFÉ-RESTAURANTE MARISQUEIRA SÃO JOÃO”

Obras nas escolas de Mangualde

Foi anunciado em Diário da Republica na passada sexta-feira, dia 14 de outubro, o arranque da contratação pública para mais de meio milhão de euros de investimento nas escolas de Mangualde.

Assinatura

Assinatura

As intervenções na EB23 Gomes Eanes de Azurara, no Pavilhão Municipal e na Escola Secundária Felismina Alcântara representam o maior investimento na educação depois da construção do centro escolar, já no mandato de João Azevedo.

O valor de investimento atinge os 585.761,00€ e tem uma comparticipação de 85% de fundos comunitários. Para João Azevedo «O investimento na educação é fundamental e prioritário para que se proporcione melhorias no conforto dos alunos e professores com o objetivo de promover o sucesso educativo.» O edil afirma «o parque escolar necessita de intervenção na requalificação do seu edificado e dentro das nossas possibilidades tudo faremos para que isso aconteça e continue acontecer no futuro próximo. É exemplo disso o projeto de investimento que estamos a preparar na área da mobilidade junto às escolas.»

O investimento na educação, agora a concurso público, faz parte integrante do Plano de Investimentos da autarquia de Mangualde sustentado pelo Plano Estratégico de Desenvolvimento e Coesão Territorial.

As intervenções na ESFA visam ações de saneamento e eliminação de focos de risco sanitário, ampliação de espaço desportivo, criação de percurso coberto interior, revisão da cobertura dos balneários, melhoria do desempenho energético, dotação e melhoria das condições de acesso a cidadãos portadores de mobilidade condicionada e intervenção nas redes infraestruturais de águas residuais, pluviais e abastecimento elétrico.

Já na EB23 Gomes Eanes de Azurara e Pavilhão Municipal, as ações visam o saneamento e eliminação de focos de risco sanitário, melhoria do desempenho energético, prevenção e reparação de risco de queda e degradação, dotação e melhoria das condições de acesso e usufruto das instalações a utentes e outros cidadãos portadores de mobilidade condicionada e reparação e conservação das redes infraestruturais de drenagem de águas pluviais e abastecimento elétrico.

Obras de remodelação na sede da junta da União de Freguesias de Tavares

Com as obras de remodelação concluídas, a União de Freguesias de Tavares vê agora a sua sede de junta inaugurada. A intervenção que o Município de Mangualde levou a efeito, no Largo do Outeiro, em Chãs de Tavares, representa um investimento municipal na ordem dos 55 mil euros, que proporciona conforto e aproxima os serviços aos cidadãos.

Obras de remodelação

Obras de remodelação

 Para além dos normais serviços da junta de Freguesia, posto CTT, posto médico, Espaço Internet e Espaço Formação, esta remodelação vai permitir, a curto prazo, a instalação do Espaço do Cidadão. A cerimónia realizou-se ontem, 16 de outubro, e contou com a presença do Presidente da Câmara Municipal de Mangualde, João Azevedo, do Presidente da União de Freguesias, Alexandre Constantino, do Pároco da Freguesia, Padre António Cunha, dos elementos do executivo mangualdense, de alguns presidentes de junta do concelho e de vários populares.

 Para o edil mangualdense, a antiga Junta de Freguesia de Chás de Tavares, agora União de Freguesias de Tavares, representa ‘a república, o serviço público e a parte que é a mais importante: a democracia’. Esta remodelação ‘representou um grande investimento do município, mas que é fundamental para a coesão territorial’ afirmou. E acrescentou ‘este investimento permite que as pessoas da freguesia tenham aqui os serviços principais e evita obrigar as pessoas a deslocarem-se à sede do concelho. Todos nós queremos a mobilidade no nosso território, mas também queremos que as pessoas tenham serviços de qualidade, principalmente aqueles que têm maior dificuldade de mobilidade.’ Para terminar João Azevedo deixa a promessa: ‘ao logo dos anos temos tentado equilibrar de uma forma justa o investimento nas freguesias do concelho de Mangualde. Nesse sentido, está ainda previsto o lançamento a curto prazo do concurso público para a reabilitação da ligação de Torre de Tavares ao pontão superior da A25. Um investimento de cerca de 200 mil euros que vai permitir que a circulação naquele eixo do concelho fique restabelecida e requalificada.’

Para Alexandre Constantino esta obra reforça ‘o orgulho na nossa freguesia e no nosso concelho porque todos merecemos a oportunidade de acesso aos mesmos bens e serviços’. E relembra ‘em 2013, esta Junta estava vazia, as dificuldades eram muitas, mas a vontade de mostrar aquilo de que eramos capazes era maior. Fizemos aquilo que podíamos. Enchemos este edifício com aquilo que tínhamos: alma, vontade, responsabilidade, honestidade e muito trabalho’.

Estas obras de remodelação visavam dotar o espaço com melhores condições para os serviços da Junta de Freguesia, de forma a conseguir acolher o Espaço do Cidadão. Manteve-se os alçados originais, procedeu-se à limpeza e pintura das fachadas exteriores e à substituição da cobertura que se encontrava degradada.