Dia dos Avós

A Câmara Municipal de Mangualde assinalou o Dia dos Avós com uma iniciativa recheada de animação e convívio. Cerca de 500 seniores participaram no «Arraial Sénior» que decorreu na passada sexta-feira, dia 25 de julho, no Monte Nossa Senhora do Castelo. Para assinalar a data esteve presente o Presidente da Câmara Municipal de Mangualde, João Azevedo, bem como alguns presidentes de junta de freguesia. O momento contou com a celebração de eucaristia pelas 10h30 celebrada pelo Sr. Cónego Seixas e com a participação do Coro da Mesquitela. A tarde foi animada e todos os participantes degustaram de um bolo comemorativo do Dia dos Avós. A animação contou ainda com a participação da Santa Casa da Misericórdia de Mangualde, do ATL da União de Freguesias de Mangualde, Mesquitela e Cunha Alta, Centro Paroquial de Abrunhosa-a-Velha, Associação Cultural e Recreativa da Freixiosa, Centro Social e Paroquial de Santiago de Cassurrães e Centro Paroquial da Cunha Baixa, para além de idosos que individualmente quiseram participar.

Cerimónia na Senhora do Castelo

 Paralelamente decorreu uma exposição dos trabalhos elaborados pelo Centro Social e Paroquial de Santiago de Cassurrães, a Associação Cultural e Recreativa da Freixiosa, o Centro Social Cultural da Paróquia de Mangualde, o Centro Paroquial de Chãs de Tavares, a Santa Casa da Misericórdia de Mangualde e o Atelier “Pontos e Encontros”.

 A Câmara Municipal de Mangualde encarou a celebração deste dia como um dia de festividade intergeracional, de convívio entre avós e netos, sendo assim uma forma de homenagem, de demonstração de carinho e apreço por todos os avós. Celebrar o Dia dos Avós significa celebrar a experiência de vida, reconhecer o valor da sabedoria adquirida, não apenas nos livros, nem nas escolas, mas no convívio com as pessoas e com a própria natureza.

 O Dia dos Avós comemora-se a 26 de julho, por este ser o dia de Santa Ana e São Joaquim, pais de Maria e avós de Jesus Cristo, mas Mangualde optou por o festejar este ano no dia 25 por questões logísticas. A participação foi gratuita, mas sujeita a inscrição prévia.

“Lidere, siga… ou saia do caminho.” Já dizia… Ted Turner

Ponto um

Eu tenho andado calada, bem caladinha.

Tenho andado a ver se o bom senso e a hombridade imperam sobre a tacanhez de espírito e a sede de poder.

Entretanto há coisas que me “dão nos nervos” e é então que não me contenho e digo o que me vai na alma.

Durante a gestão deste nosso Governo o País tem vindo a afundar, a afundar…e a afundar. Diga-se o que se disser não estamos melhor. O número de desempregados é vergonhoso, os níveis de crescimento demográfico são assustadoramente baixos e tendem a diminuir ainda mais, a dívida privada é elevadíssima, a dívida das administrações públicas anda pelos 13.5% do Produto… pequenas e médias empresas continuam a fechar todos os dias….e “estes rapazes que nos governam” QUASE conseguem, através de uma propaganda bem articulada e “oleada” fazer-nos crer que está tudo bem e que o país sairá, em breve, das “areias movediças” em que nos colocaram nestes últimos anos.

E eu estou cansada. Cansada de ter de baixar os olhos e de me calar quando, ao apontar o óbvio, me respondem: “pois, mas o que é que o Partido Socialista e o seu líder sugerem que se faça”? Geralmente encolho-me, calo  e entristeço.

Ainda há tempos quando (todos recordais) Gaspar se demitiu, Portas tomou a tal decisão “irrevogável” [palavra que passou a dar um novo significado ao significante “Irrevogável]” o país aguardou em suspenso o anúncio da queda deste Governo nosso enquanto, ao mesmo tempo,  muitos se questionavam e encolhiam ombros, ou cofiavam bigodes, perguntando-se quem então teria  “estofo” para colocar “nas calhas este país descarrilado” e assegurar o seu “erguer das cinzas”. Quem? QUEM?… quem? Seguro não seria, ou seria? Se na altura alguma dúvida havia hoje sei, de um saber sem reservas, que não.

Porque, não tenhamos ilusões, é deste pais que estamos a falar. É deste país envelhecido, pobre e endividado que se trata, não de guerras pessoais, nem de jogos de poder, meus senhores e minhas senhoras. É de pessoas, gente de trabalho, gente que luta todos os dias por ter o que levar à mesa.

E eu estou cansada de me calar.

Gostaria que o líder do meu partido, colocasse a mão na consciência e fosse, ele mesmo, sem pressões a tomar a iniciativa de colocar o seu lugar, dentro do partido, à disposição. Mas não!

E é aqui que entra o “ponto dois” deste meu desabafo!

Ponto dois, portanto.

Gostaria, sim, que António José Seguro, deixasse de se comportar como um garotinho a quem deram um ancinho e, embora olhe para o objeto com espanto, sem saber o que fazer com ele não deixe que mais ninguém lhe toque fazendo “birra” e gritando, ao mesmo tempo que esperneia “é meu, é meu, é meu”! Perdoai mas é assim que, neste momento, “vejo “ Seguro.

Andei anos à espera que ele fosse um verdadeiro líder partidário. Esperei e calei. Esperei muito e calei sempre. Não mais. BASTA!

Quando critico os nossos governantes por se agarrarem ao poder como carrapatos … de que modo, ou com que argumentos posso defender quem, em tudo, se lhes parece? Cairia eu em tal paradoxo? NÃO!

António José Seguro representa, neste momento, tudo aquilo que se afasta dos princípios democráticos, que enformam e definem o Partido Socialista no qual eu, há anos, me filiei. Como posso apoiá-lo? NÃO POSSO!

Goradas que foram as minhas esperanças de pertencer a um partido forte, um partido firme na oposição aos que despedaçam e desmembram este País, o levam à ruína e fazem com que muitos o abandonem emigrando, tenho de ter seriedade para comigo mesma e procurar alguém que dê outro Rumo à nação e outro significado à palavra “oposição”.

Tenho de ter seriedade para comigo mesma e condenar abertamente os jogos de bastidores, as tramas e enredos hollywoodescos que envergonham, ou deviam envergonhar os que ainda apoiam e gravitam em torno de António José Seguro.

Tenho de ter seriedade para comigo mesma e para com o meu povo e dizer que, neste momento, António Costa é o homem certo para estar à frente do Partido e do País.

António Costa é o homem certo que, na hora certa deu o passo certo para derrubar a incerteza em que o País mergulhou nos últimos anos sob o domínio de um líder que o não soube ser e de um Governo que, também com “passos” incertos, nos vai conduzindo à “irrevogável” certeza da desconstrução económica e identitária.

Por tudo isto apoio, defendo e luto ao lado de António Costa.

Whiteball

Vamos Mobilizar Mangualde com António Costa

O Partido Socialista de Mangualde sempre foi capaz de dar respostas firmes aos grandes desafios

António Costa e João Azevedo

João Azevedo é o mandatário distrital da candidatura de António Costa. É muito importante para Mangualde ter uma elevada votação em António Costa e uma elevada participação nas primárias do PS.  Só assim Mangualde terá força para conseguir desenvolver o projecto de futuro para o concelho.

Os autarcas e os órgãos do partido estão com António Costa. Os militantes do PS estão com António Costa . É importante que nossa onda de apoio a João Azevedo se transfira para Mobilizar Mangualde com António Costa.

Todos com António Costa

Informa-te junto do PS Mangualde e dos seus militantes. Consulta as páginas abaixo indicados e junta-te a nós neste combate por Mangualde e por Portugal. Queremos mudar o governo de Portugal.

 

Consulta a página das primárias onde terás toda a informação – AQUI

Consulta a página do facebook Mobilizar Mangualde – AQUI

Podem votar nas primárias:

1-Todos os militantes do partido mesmo com quotas em atraso;

2-Os simpatizantes do PS que se inscrevam. A inscrição pode ser feita de duas formas:

– Via internet na páginas das primárias – Clicar aqui . De notar que é preciso um email válido.

– Preenchendo a ficha que deve ser entregue na sede do PS ou a um elemento da comissão. A ficha pode ser imprimida a partir daqui

No dia 28 devem deslocar-se à sede do PS ( junto aos Bombeiros) para votar. Poderão ser criados locais de voto pelo concelho em função do número de inscritos.

 

Vamos Mobilizar Mangualde

O Partido Socialista de Mangualde precisa do nosso apoio. Portugal precisa de mudar. E para mudar o PS tem de ser capaz de dar uma solução ao país. Uma verdadeira alternativa. Portugal precisa que António Costa seja o líder do PS.

Vamos mobilizar Mangualde

Para que isso seja uma realidade temos de mobilizar os militantes e os simpatizantes a votar em António Costa.

Consulta a página das primárias onde terás toda a informação – AQUI

Consulta a página do facebook  Mobilizar Mangualde – AQUI

Podem votar nas primárias:

1-Todos os militantes  do partido mesmo com quotas em atraso;

2-Os simpatizantes do PS que se inscrevam. A inscrição pode ser feita de duas formas:

 – Via internet na páginas das primárias – Clicar aqui . De notar que é preciso um email válido.

–  Preenchendo a ficha que deve ser entregue na sede do PS  ou a um elemento da comissão. A ficha pode ser imprimida a partir daqui

No dia 28 devem deslocar-se à sede do PS ( junto aos Bombeiros) para votar. Poderão ser criados locais de voto pelo concelho em função do número de inscritos.

 

Festas da cidade

Festas da cidade

Foto e texto retirados CMM

De 30 de agosto a 8 de setembro, Mangualde volta a estar em festa com um programa cheio de animação. As festas da cidade e as festas da Sra. do Castelo, promovidas pela Câmara Municipal de Mangualde e pela Santa Casa da Misericórdia de Mangualde, respetivamente, são já uma tradição da cidade mangualdense e esperam atrair, mais uma vez, inúmeros visitantes ao município. Assim, durante os dias de festa são várias as iniciativas esperadas que vão decorrer em diferentes locais da cidade.

 As Festas da Cidade arrancam no dia 30 de agosto e estendem-se até 2 de setembro. No sábado (dia 30) vai realizar-se uma Mostra de Produtos Regionais, durante todo o dia. Pelas 14h30 realiza-se o V Torneio Jovem Internacional de Xadrez ao qual se segue uma tarde de música popular: Grupo Danças e Cantares os Santarenses, Grupo de Cantares de Pinho e Tuna Realense. Às 17h00 tem lugar o Jogo de Futebol dos Veteranos.  Trigal, Melody Guys e TZ Music serão as apostas musicais. No domingo (dia 31), o dia começa com a largada de perdizes e faisões. Da parte da tarde, vai ser possível assistir ao Desfile de Bandas Filarmónicas, ao Encontro de Folclore e ao concerto da Alcatuna. Às 18h30 abre o tão esperado V Festival de Sopas de Mangualde. A noite será brindada com os concertos dos Fad’Out e Grupo Kapittal. No dia 1 a aposta musical vai para o Grupo Função Públika e no dia 2 para a Mad’Orquestra e Banda RX. As Festa da Sra. do Castelo vão realizar-se, nos dias 7 e 8 de setembro, e o programa será divulgado oportunamente, estando já confirmado o concerto da Orquestra Ligeira do Exército na noite do dia 8.

PROGRAMA

 FESTAS DA CIDADE | 30 DE AGOSTO A 2 DE SETEMBRO

30 de agosto (sábado)
Todo o dia | Mostra de Produtos Regionais
14h30 – V Torneio Jovem Internacional de Xadrez

– Largo do Rossio

Tarde de Música Popular:

15h00 – Grupo Danças e Cantares os Santarenses
16h00 – Grupo de Cantares de Pinho
17h00 – Tuna Realense
17h00 – Jogo de Futebol dos Veteranos
– Campo conde de Anadia
18h00 – Trigal
21h00 – Melody Guys
22h00 – TZ Music

 31 de agosto (domingo)

08h00 – Largada de perdizes e faisões
– Organização Clube Caça e Pesca de Mangualde
14h00 – Desfile de Bandas Filarmónicas
15h00 – Encontro de Folclore
18h00 – Alcatuna
18h30 – V Festival de Sopas de Mangualde
21h00 – Fad’Out
22h00 – Grupo Kapittal

 1 de setembro (segunda-feira)
21h30 – Grupo Função Públika

 2 de setembro (terça-feira)
21h00 – Mad’Orquestra
22h00 – Banda RX

FESTAS DA NOSSA SENHORA DO CASTELO | 7 A 8 SETEMBRO
Programa a definir

 8 de setembro

21h00 – Orquestra Ligeira do Exército

Festa do Emigrante – Dia 3 de Agosto

A Câmara Municipal de Mangualde promove, no próximo dia 3 de agosto, a Festa do Emigrante no Largo das Carvalhas. Trata-se de uma Festa Popular para os emigrantes e para todos os mangualdenses, cuja entrada é livre. O encontro começa pelas 18h00 e continua pela noite dentro. A iniciativa, da organização da Câmara Municipal de Mangualde, tem o apoio da Associação Mangualde Azurara e das Marchas da Freguesia de Abrunhosa-a-Velha.

 (…) Às 21h00 começa o verdadeiro “arraial” animado pelo grupo OS MALAMADOS, seguindo-se o grupo Fad´Out pelas 22h00 e mais tarde, pelas 23h00, segue-se a atuação do Grupo Folclórico Cranston Portuguese Club. Trata-se de um rancho composto por cerca de 50 elementos oriundos dos Estados Unidos da América.

 

I Encontro Gastronómico Amador – Abrunhosa-a-velha

A Junta de freguesia de Abrunhosa-a-Velha, com a colaboração da Câmara Municipal de Mangualde e com patrocínio da Quimirep e da COAPE, organiza o I Encontro Gastronómico Amador amanhã, dia 26 de julho, promovendo assim a região e a gastronomia local. A iniciativa conta ainda com o apoio do Grupo Desportivo e Recreativo de Vila Mendo de Tavares, da Associação Humanitária e Cultural de Abrunhosa-a-Velha e do Estrela do Mondego Futebol Clube.

 O encontro ficará marcado pela presença de vários chefs que irão confecionar pratos deliciosos e maravilhosos, tais como o “Chef” João Tomé, que confecionará Sopa de barbo, o “Chef” Constantino, Arroz de Feijão com pernil de presunto grelhado, o “Chef” José Carvalho, Feijão-frade com açorda e bacalhau, e o “Chef” Gonçalves apresentará Caldeirada de Cabrito. Poder-se-á ainda degustar pão cozido no forno a lenha, confecionado por Américo Sousa, relembrando assim épocas de outrora.

 A entrada para o encontro será de um preço simbólico de três euros que permitirá aos visitantes provar os quatro “pratos”. A iniciativa pretende ser muito animadora e decorrerá das 18h00 às 21h00.

Atleta Mangualdense campeão nacional

Vitor Salvador

O atleta mangualdense, Vítor Salvador, repete o feito e sagra-se novamente Campeão Nacional de Veteranos ao vencer o Campeonato Nacional de Veteranos de Pista ao Ar Livre (atletismo), na categoria de M40. A entrega do prémio decorreu no passado dia 13 de julho em Pombal.

 A iniciativa decorreu entre os dias 12 e 13 de julho na pista de atletismo do Complexo Desportivo de Pombal. Na prova, que consistiu em fazer 3000 metros de obstáculos, o atleta mangualdense deu tudo de si e honrou o seu concelho. “Quando me meto num projeto é para dar o meu melhor, e foi o que aconteceu. Estou muito feliz e agradeço à Câmara Municipal de Mangualde pela cedência das instalações onde tive a oportunidade de treinar. Agradeço ao clube que represento (Senhora do Desterro-São Romão – Seia) principalmente ao presidente do clube e ao meu (MISTER) colegas e família pela força” referiu Vítor Salvador.

Fonte CMM