Olhar sobre as Origens

origen

A Câmara Municipal de Mangualde convida-o a dar “Um Olhar Sobre as Origens” do concelho de Mangualde, numa exposição fotográfica patente no McDonald’s de Viseu e na Mostra Cultural e Associativa no Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ) de Viseu, a decorrer de 3 a 19 de fevereiro. A inauguração tem lugar na próxima segunda-feira, dia 3 de fevereiro, às 16h00, no IPDJ de Viseu e às 17h00 no Restaurante McDonald’s de Viseu e conta com a presença de João Azevedo, Presidente da Câmara Municipal de Mangualde.

 Assim, na exposição no McDonald’s são apresentadas 16 fotografias que retratam o património cultural do concelho de Mangualde, e no IPDJ a exposição inclui uma mostra do património cultural, artesanato e um conjunto de atividades desenvolvidas pelas Associações Culturais do concelho mangualdense.

 A iniciativa está integrada no projeto “Um Olhar Sobre as Origens” organizado pelo Instituto Português do Desporto e Juventude, em parceria com o Restaurante McDonald’s de Viseu e as Câmaras Municipais, com o intuito de dar a conhecer os tesouros dos locais e das gentes do Distrito de Viseu. Desta forma, este projeto que se prolonga durante o ano 2014/2015, pretende envolver todas as autarquias do Distrito de Viseu, atribuindo duas semanas de exposição a cada concelho para ainda apresentarem demonstrações culturais e/ou desportivas. Durante este período o IPDJ de Viseu organiza, em colaboração com o Museu Grão Vasco, o Centro de Coordenação Cultural da CMV e o Teatro Viriato, uma visita cultural à cidade de Viseu que terá como destinatários cerca de 50 jovens selecionados por cada autarquia participante.

O TEMPO

Previsão para 3ª feira, 28.janeiro.2014

INSTITUTO PORTUGUÊS DO MAR E DA ATMOSFERA

REGIÕES NORTE E CENTRO:
Céu geralmente muito nublado.
Períodos de chuva, que poderá ser por vezes forte no litoral a norte do Cabo Mondego.
A partir da tarde, passagem a regime de aguaceiros, por vezes fortes e de granizo, que poderão ser acompanhados de trovoada, em especial no litoral a norte do Cabo Mondego e para o final do dia.
Queda de neve acima de 800/1000 metros, subindo temporariamente a cota para 1200/1400 metros durante o dia.
Vento fraco a moderado (10 a 25 km/h) do quadrante oeste, tornando-se a partir do fim da manhã, moderado a forte (30 a 45 km/h) no litoral oeste com rajadas da ordem de 80 km/h e forte (40 a 50 km/h) com rajadas da ordem de 85 km/h nas terras altas.
Pequena subida da temperatura máxima.

Carregal do Sal – Jovens pelos Direitos Humanos”

“Dever de Memória – Jovens pelos Direitos Humanos”

carregal

 Chama-se “Dever de Memória- Jovens pelos Direitos Humanos” – é o projeto com que a Escola Secundária de Carregal do Sal se candidatou à rede de Escolas SEA, da UNESCO, “uma rede única com mais de 7.500 escolas repartidas por 175 países (50 em Portugal), todas elas empenhadas em promover os ideais da UNESCO, a educação internacional e a qualidade da mesma.”

O projeto foi desenvolvido pelo Departamento de Ciências Sociais e Humanas, em colaboração com o CEF de Operador de Fotografia/E.V./Línguas da Escola Secundária para assinalar a efeméride instituída pela Organização das Nações Unidas, em 2005, com base no facto de ter sido a 27 de janeiro de 1945 que o Exército Vermelho libertou os prisioneiros do campo de concentração de Auschwitz.

Focado no Cônsul humanista, natural do Concelho, na sua ação notável, no contexto do holocausto, da segunda guerra mundial e dos direitos humanos, “Dever de Memória – Jovens pelos Direitos Humanos” decorre a partir do dia 27 de janeiro e até ao fim do 2.º período escolar.

No âmbito das iniciativas a realizar contam-se momentos musicais, leitura expressiva de poesia e histórias de “Vidas de Estrela Amarela”, projeção de vídeos, leitura de depoimentos de judeus, apresentação de obras literárias e a exposição “Memórias, liberdade e justiça”.

A Camara Municipal associa-se a esta iniciativa ao disponibilizar o Museu Municipal para ali ficar patente a exposição que decorre de 27 de janeiro a 4 de abril.

Carregal do Sal não podia ficar indiferente e homenageia, uma vez mais, o Cônsul que desobedeceu por imperativos de consciência!

Associe-se também a esta iniciativa e visite a exposição, durante o horário de funcionamento do Museu Municipal: de 3.ª a domingo, das 10h00 às 12h00 e das 15h00 às 17h00.

Começando o dia

… muito zangada e desiludida.

Ser professor em pleno século XXI é uma profissão ingrata.

Fazerem os professores andarem a arrastar-se, doentes, até ao dia em que a morte os toma e os leva…é do mais cruel que a nossa sociedade pode fazer a um ser humano. Ao professor e à respetiva família.

A sociedade entende que o professor é “indestrutível”, “insensível” ao que se passa ao seu redor e insensível à dor…um ser sem sentimentos e poucos direitos.

Tudo se lhe exige mas nenhum do seu esforço e sofrimento é reconhecido.

Quando digo que abracei  a profissão por gosto e devoção digo-o por ser verdade. Isso foi em ’84… Há já tanto tempo…

Antes de tudo estava a Escola. Deixei de lado o meu “ser filha, irmã, esposa, mulher”… PARA QUÊ?

Para quê???

Sou mais um número nas estatísticas...sou um objeto ao serviço de um ministério obtuso, sou alguém que cala a dor e a revolta…sou (tenho de ser) subserviente, sou alguém que recebe, a toda a hora, bofetada em forma de palavras bonitas, (ou não)…e faz de conta que está tudo bem! Não está!!!

Não tenho uma profissão de desgaste rápido. (dizem).

Mas tenho de me concentrar, quando me deixam, horas a fio para ensinar conteúdos. Tenho de suportar a gritaria de miúdos que se comportam na sala de aula como se estivessem no recreio, no shopping…sei lá….Tenho de mandar calar para me fazer ouvir e para me ouvir a mim…vezes sem conta.   Tenho de correr de escola para escola e fazer  a proeza de não chegar atrasada à aula seguinte…mesmo que a bexiga esteja cheia e  a dor no estômago esteja a toldar-me o raciocínio…pois não pude meter sequer uma bolacha na boca.

Tenho de ter “paciência” com  a aluna que chora…por o namorado não ter enviado a mensagem de “bons dias”! Tenho de “ter paciência” com os alunos que, depois de quase todos terem passado o que escrevi no quadro, ainda não terem aberto o caderno diário…que continua adormecido dentro da mochila. Tenho de “ter paciência ” com o aluno traído pelo melhor amigo e que, por causa disso está apático nas aulas ou, se for o caso, explode de raiva batendo com portas e arrastando cadeiras….ferozmente!

Tenho de “ter paciência” quando o frio é tanto que transforma as dores nos ossos em algo insuportável, indescritível!

Tenho de “ter paciência” e preencher papelinhos e grelhazinhas que em  nada contribuem para a aprendizagem dos alunos.

Tenho de ser “pau para toda a colher- “paciência”!

Tenho de “ter paciência” com todos...alunos… ou não alunos.

Mas estou farta de “ter paciência”!!! Já chega!!!

BASTA!

Simulacro de acidente industrial e de acidente rodoviário

 

sim

Com o objetivo de testar o Plano Municipal de Emergência da Proteção Civil de Mangualde (PMEPC), realizou-se esta manhã, dia 24 de janeiro, o simulacro de um acidente industrial e de um acidente rodoviário, em simultâneo, em Mangualde.
Na iniciativa estiverem envolvidas várias entidades, nomeadamente, o Serviço Municipal de Proteção Civil, a PSA Citroen, a GNR, o CDOS, os Bombeiros Voluntários de Mangualde, de Penalva do Castelo, de Nelas, de Canas de Senhorim e de Viseu e a Cruz Vermelha Portuguesa. O momento contou com o apoio de 12 viaturas e 48 homens.

Fonte: CMM

O trilho de Ricardina

r

A Câmara Municipal de Mangualde promove mais uma edição dos Percursos Pedestres ‘Mangualde em Movimento’. A iniciativa, que tem como intuito incentivar o desporto e dar a conhecer Mangualde, decorre de 23 de fevereiro a 8 de junho.
Assim, no dia 23 de fevereiro será possível percorrer o ‘Trilho de Ricardina’, em Espinho, e no dia 9 de março, a primeira parte do ‘Trilho de Ludares’, em Quintela de Azurara. A segunda parte deste trilho irá realizar-se no dia 30 de março. A 13 de abril será possível conhecer a ‘Rota das Águas Milenares’, em Alcafache, e no dia 11 de maio, os ‘Trilhos de Gil Vicente’, em Guimarães de Tavares. A ‘Rota da Sr.ª dos Verdes’, em Abrunhosa-a-Velha, será trilhada a 25 de maio e os ‘Caminhos do Bom Sucesso’, em São João da Fresta, a 8 de junho. O ponto de encontro é às 9h00, em frente ao Tribunal, para saída dos autocarros e a participação é gratuita.
Todos os Percursos Pedestres realizam-se ao domingo entre as 9h30 e as 12h00 e as inscrições devem ser efetuadas nas Piscinas Municipais de Mangualde, através dos contactos: 232 619 820232 619 820 ou [email protected]
PERCURSOS PEDESTRES «MANGUALDE EM MOVIMENTO»
Programa 2014
 23 de fevereiro | Trilho de Ricardina, Espinho
 9 de março | Trilho de Ludares (1ª parte), Quintela de Azurara
 30 de março | Trilho de Ludares (2ª parte), Quintela de Azurara
 13 de abril | Rota das Águas Milenares, Alcafache
 11 de maio | Trilhos de Gil Vicente, Guimarães de Tavares
 25 de maio | Rota da Sr.ª dos Verdes, Abrunhosa-a-Velha
 8 de junho | Caminhos do Bom Sucesso, São João da Fresta

Esta é boa… diretores de escola

pub

Directores de escolas a exercerem mandatos autárquicos estão em situação ilegal

Segundo o MEC e o  Público – ver aqui 

Proibir um diretor de ser membro de uma assembleia ou cargo semelhante é rídiculo. Agora proibir os diretores de serem presidentes ou vereadores com pelouros ou mesmo sem pelouros.. é correto. É que depois fazem-se jogadas. Criam-se solidariedades. Como aquelas que conhecemos… E quem muitos tachos mexe, algum deixa por fazer, como todos sabemos também.